Veja outros Posts

O PMP e o mercado de trabalho

O PMP e o mercado de trabalho

O PMP e o mercado de trabalho

Atualmente, quem tem a certificação PMP® é visto pelo mercado como o 'faixa preta” da gestão de projetos.

Mas o que é PMP®? É importante saber que essa é a sigla para Project Management Professional, que é um certificado na área de gerenciamento de projetos, conferido pela instituição internacional PMI® (Project Management Institute), com sede nos Estados Unidos.

Para adquirir essa certificação é necessário realizar um curso PMP®, com profissionais credenciados. Continue lendo e saiba como esse certificado pode valorizar seu currículo.

PMP: o diferencial do gerenciamento de projetos

Eu me lembro que quando comecei a trabalhar tinha um diferencial: eu havia feito um curso de datilografia! 

Hoje em dia, a concorrência é um pouco mais acirrada e o profissional precisa ir um pouco além da datilografia. Precisa de um MBA, dominar vários idiomas, certificações, e por aí vai.

Nos últimos meses, devido às intempéries econômicas e políticas que o Brasil tem vivido, muitas empresas acabaram reduzido os investimentos em treinamentos.

Em consequência da redução de custos, alguns profissionais também têm deixado de investir em suas próprias carreiras.

Mas eu posso garantir que essa não é a melhor solução!

Quer saber por quê?

PMP: certificação prepara os melhores profissionais

 Quando as empresas abrem processos seletivos elas sempre buscam os melhores profissionais para integrar seus quadros de colaboradores, certo?

Por isso, um profissional que investe em sua carreira, e busca a certificação PMP®, passa a ser extremamente bem reconhecido pelo mercado e, muitas vezes, até mais reconhecido do que se tivesse feito um MBA em uma grande instituição como FGV, FDC, entre outras.

Com isso, ele passa a ter mais chances de ser aprovado em um processo seletivo.

Quando a certificação se soma às habilidades técnicas, aumentam muito as chances de vencer a disputa pela recolocação.

Com todos os anos de experiência que tenho e a bagagem educacional que adquiri, posso assegurar que o certificado PMP® traz novas competências para o currículo e maior credibilidade profissional.

Além disso, aumentam as chances de empregabilidade e de conquistar melhores salários.

Se eu fosse resumir em uma única frase, eu reforçaria o que já foi exposto no início do texto: o PMP é considerado o “Faixa Preta da Gestão de Projetos”.

Então, invista em você!

Prepare-se para emplacar no exame para o certificado PMP

A certificação PMP®, ou qualquer outra certificação em projetos, que antes era um diferencial, hoje é considerada um pré-requisito para quem quer atuar como Gerente de Projetos.

Com a certificação em mãos você garante que conhece a “cartilha” e comprova que passou em um exame reconhecido mundialmente.

Além disso, muitas empresas exigem que o profissional tenha, além do conhecimento prático, o conhecimento do Guia PMBOK®.

Se você é disciplinado e autodidata pode estudar sozinho. Caso contrário, precisa da ajuda de um curso preparatório. 

Método capacita para certificação PMP em 48 horas de aula

A RC Robson Camargo – Projetos e Negócios tem um variado leque de cursos preparatórios e, especificamente no caso da certificação PMP®, nosso método tem 48 horas de aula, que podem ser desenvolvidas em seis sábados ou doze noites.

O grau de sucesso no exame é em torno de 95% ou mais de chances de aprovação.

Esse método, baseado na Universidade de Princeton, já preparou mais de 4 mil pessoas no Brasil inteiro.

Com a certificação em mãos, além de estar muito bem preparado para o mercado de trabalho, o profissional tem chance de alavancar sua carreira, obter promoções dentro da empresa que atua, conseguir um emprego mais promissor, fazer palestras, dar aulas, participar de congressos, entre outras vantagens.

Enfim, sendo certificado PMP® as portas se abrem efetivamente, muitas oportunidades surgem e o profissional tem muito mais chances de alavancar sua carreira com um grande reconhecimento profissional.  

E prepare-se, porque depois vem RMP, Ágil, PRINCE2, PgMP, enfim...

Mas calma, uma coisa de cada vez...

Meu conselho é: primeiro se torne um PMP!

Gostou do meu artigo? Então compartilhe com sua rede de contatos e ajude essa informação a chegar até mais pessoas!

Para ver mais vídeos inscreva-se no Canal RC, no YouTube!

Sobre o autor:

Robson Camargo, PMP, MBA, GWCPM é professor nos cursos de MBA das Principais Escolas de Negócio do País: FGV, Fundação Dom Cabral e FIA/USP com Certificação PMP – Project Management Professional emitida pelo PMI, MBA em Administração de Projetos pela FEA/USP e Master Certificate pela George Washington. Robson Camargo é autor do livro PM VISUAL e criador do Método PM VISUAL. Sua equipe realiza treinamentos e consultorias em empresas do Brasil e exterior. Está à frente da RC ROBSON CAMARGO - PROJETOS E NEGÓCIOSum Centro de Capacitação com um dos portfólios de treinamentos e consultorias mais completos do Brasil, na área de Gestão de Projetos e de Portfólio.

* Esse texto é reedição do artigo publicado no meu canal Linkedin Pulse.

 As marcas PMP, PMI, PMBOK e a logomarca “REP” RegisteredEducationProvaidersão marcas registradas do Project Management Institute, Inc.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Newsletter