Blog

Confira nossas novidades e assine nossa newsletter!

Assine nossa Newsletter

Veja outros Posts

Conheça as melhores práticas de uma backlog grooming

Conheça as melhores práticas de uma backlog grooming

Conheça as melhores práticas de uma backlog grooming

  • 01/11/2018
  • Robson Camargo

 

Em primeiro lugar, vamos falar sobre o significado do termo Grooming. É uma palavra de origem inglesa que significa “preparar”.

 Grooming utilizado e falado pelos profissionais que trabalham com os Métodos Ágeis foi inserido na comunidade por Ken Schwaber, um dos fundadores do Scrum há alguns anos. O termo se refere a preparação de backlog, mais conhecido como refinamento, que é o ato de detalhar, entender mais profundamente, adicionar características, estimar, priorizar e manter o backlog do produto vivo.

O que é grooming?

Então, o que é grooming? Grooming nada mais é que um ou vários momento(s) específico(s) em que se iniciam os preparativos para o próximo sprint ou release.

Enquanto o time trabalha na sprint atual, o Product Owner (PO), com mais alguns convidados de seu interesse, começa a refinar e amadurecer as histórias e objetivos da próxima sprint ou release.

Simplificando, grooming significado é: entender melhor os itens de backlog das Sprints futuras, olhando de preferência apenas o trabalho a ser realizado de uma a três Sprints para a frente.

Para que seja realizado um grooming de maneira eficiente, durante a Sprint corrente, o PO e time de desenvolvimento, podendo ser um integrante ou mais, se reúnem para refinar os itens de backlog do futuro.

O Product Owner deve trazer o entendimento das necessidades de negócio já obtidas e apresentá-las ao time. O time por sua vez aproveita a oportunidade para tirar dúvidas e fazer perguntas ao PO a respeito dos itens que estão sendo “groomados”.

Com isso, o PO terá a oportunidade de responder as perguntas nas quais já tem as respostas enquanto o time entende melhor e toma decisões técnicas a respeito de como o item será completado.

Para as perguntas que o PO não tiver resposta ele poderá aproveitar para formular novas perguntas a serem feitas ao usuário final que deverão ser trazidas com as devidas respostas e o entendimento necessário para a próxima Sprint Planning.

De acordo com o produto que o time está trabalhando, poderá ser necessário construir especificações mais técnicas, envolver outros times, contatar fornecedores ou parceiros, e o grooming servirá para disparar estas necessidades antes que o momento de trabalhar nos itens chegue e o time seja pego de surpresa sem os entendimentos necessário e o item fique impedido de ser completado.

Definition Of Ready (DoR)

O grooming então é uma forma de preparar os itens de backlog das Sprints futuras, refinando-os durante a Sprint corrente e preparando um backlog futuro que evite impedimentos satisfazendo a Definition Of Ready (DoR) e que tenha um tamanho suficiente para que o time não pare por falta de backlog preparado, e que ao mesmo tempo não gere um estoque de backlog que possa ficar parado.

O grooming também aproxima o PO do time, e aproxima o ti me das realizações futuras que este irá trabalhar através do entendimento e da discussão sobre os itens do backlog das Sprints futuras.

O grooming também irá contribuir para que a reunião de planejamento da Sprint futura seja mais objetiva e até mais curta, pois o time, ou parte dele, já conheceu um pouco mais dos itens antes da cerimônia de planejamento e ajudou o PO a antecipar questionamentos que seriam feitos durante a planning. No entanto, é importante destacar que esta não deve ser a razão principal para “groomar” para que o time não ultrapasse os limites do grooming e comece a fazer planejamento.

Assim, o grooming é parte integrante do trabalho de entendimento e de preparação do backlog que será trabalhado pelo time ágil ao longo das Sprints, e é um conceito bem interessante para ser inserido como prática na rotina de trabalho dos times.

Uma reunião de Backlog Grooming deve ser realizada próximo ao final da iteração, garantindo assim que o Product Backlog esteja sempre pronto para a próxima.

Além da chance para a equipe fazer perguntas, a reunião de Backlog Grooming também envolve:

- A descoberta de novos itens;

- A alteração de itens existentes;

- A remoção de itens antigos ou desnecessários;

- A divisão de estórias muito grandes em épicos ou temas;

- A priorização dos itens do Product Backlog;

- Preparar e refinar os itens mais importantes para a próxima reunião de planejamento;

- Estimar e corrigir estimativas dos itens do Product Backlog (em caso de novas descobertas);

- Incluir critérios de aceitação;

E tudo mais que envolver organização, ordenação e limpeza.

Polêmicas sobre o termo Grooming

Para alguns países de língua inglesa, o termo Grooming é utilizado para representar o crime de aliciamento de crianças e crimes ligados a pedofilia. Há inclusive o “online grooming” ou “cyber-grooming” que se refere a crimes praticados contra crianças pela internet.

Devido a isso, o termo Grooming começou a ser recriminado e deixado de ser utilizado na comunidade de Agile do Mundo, inclusive no Brasil, para evitar confusões e constrangimentos. O cuidado deve ser ainda para quem trabalha com times internacionais e profissionais estrangeiros.

No Brasil, já há referências ao Grooming como crime de pedofilia e aliciamento de crianças, então para evitar qualquer tipo de constrangimento, a sugestão, é que o termo Grooming não seja mais utilizado na comunidade Ágil.

O termo correto então é o Refinement para a língua inglesa e Refinamento para o português. As práticas de preparação do backlog do produto são as mesmas do antigo Grooming, apenas o termo é que mudou. Inclusive o Guia do Scrum 2016 já traz o termo oficial Refinement na versão em inglês, e refinamento da versão em português.

Aproveite para ver agora um vídeo sobre 'O que é ser ágil':

 

 

Sobre o autor

Robson Camargo, PMP, MBA, GWCPM, ASF é professor nos cursos de MBA das Principais Escolas de Negócio do País: FGV, Fundação Dom Cabral e FIA/USP com Certificação PMP® – Project Management Professional® emitida pelo PMI®, MBA em Administração de Projetos pela FEA/USP e Master Certificate pela George Washington. Robson Camargo é autor do livro PM VISUAL e criador do Método PM VISUAL. Sua equipe realiza treinamentos e consultorias em empresas do Brasil e exterior. Robson Camargo está à frente da RC Robson Camargo – Projetos e Negócios, há mais de 11 anos.

 As marcas PMP, PMI, PMBOK e a logomarca “REP” Registered Education Provaider são marcas registradas do Project Management Institute, Inc.

 

Deixe seu Comentário

Agenda

Confira nossa programação!

Sobre

É uma empresa de Educação Corporativa oficialmente homologada pelo PMI com o selo de R.E.P. (Registered Education Provider), alinhada com o Triângulo de Talentos do Gerente de Projetos

Você também pode se interessar

Newsletter