Blog

Confira nossas novidades e assine nossa newsletter!

Assine nossa Newsletter

Veja outros Posts

Planejamento estratégico: saiba por que toda empresa precisa de um

Planejamento estratégico: saiba por que toda empresa precisa de um

Planejamento estratégico: saiba por que toda empresa precisa de um

  • 28/12/2018
  • Robson Camargo

 

O planejamento estratégico é uma importante ferramenta empresarial. É impossível nos dias atuais fazer planos, traçar metas e objetivos para um determinado negócio ou executar determinado projeto, sem antes fazer um planejamento estratégico.

Não importa se a empresa é pequena, média ou de grande porte. Se não está planejando os próximos passos e executando bem suas ações, pode estar perdendo grandes chances de criar uma vantagem competitiva no seu ramo de negócios. Veja o de que de fato é um planejamento estratégico e quais os seus benefícios ou objetivos?

O que é planejamento estratégico

Você já deve ter ouvido essa frase: uma empresa que não planeja, não sabe o que quer alcançar e não direciona suas ações para isso.

Pois bem, o planejamento estratégico de uma empresa é um processo de natureza analítica no qual a empresa define quais estratégias irá adotar para alcançar as metas traçadas. Essas, por sua vez, são elaboradas de acordo com os recursos disponíveis para fazer isso acontecer.

O planejamento se baseia na análise da empresa e em como se dá sua relação com o mercado no qual atua. Assim, busca focar as ações na geração de resultados a longo prazo e no crescimento do negócio.

De forma resumida, podemos dizer que o planejamento estratégico procura responder a três questões principais:

- Onde estou?

- Para onde quero ir?

- Como chegar lá?

Definição de planejamento estratégico

“Planejamento estratégico é definido como o processo gerencial de desenvolver e manter uma adequação razoável entre os objetivos e recursos da empresa e as mudanças e oportunidades de mercado.” (RODRIGUES, apud KOTLER,1992, p.63)

O planejamento estratégico surgiu no início dos anos 70 devido às crescentes crises como preço do petróleo, guerras entre árabes e israelenses, inflação, altos índices de desemprego entre outros.

Foi nesse momento que os empresários enxergaram que precisavam planejar de uma maneira diferente, já que antes, nas décadas de 50 e 60, o planejamento era feito apenas de modo operacional.

Portanto, o objetivo do planejamento estratégico é orientar e reorientar os negócios e produtos da empresa de modo que gere lucros e crescimento satisfatórios.

O planejamento estratégico não é simplesmente efetuar uma busca de afirmação das aspirações ou intenções de uma empresa, é na verdade um meio de implantar um plano de ações para que as aspirações e intenções dessa empresa se tornem realidade em um determinado prazo.

Em um planejamento estratégico é possível identificar algumas etapas. Veja aqui quais são etapas do planejamento estratégico:

1 - Análise do cenário

Nessa primeira etapa, é o momento de você analisar o cenário no qual a sua empresa está inserida ou do qual deseja fazer parte – o que é válido no caso de novas organizações.

Em outras palavras, a essência dessa fase inicial é fazer um diagnóstico do mercado, tanto no ambiente interno quanto no ambiente externo.

Além disso, identificar como eles podem influenciar a sua empresa.

No contexto interno, é preciso avaliar quais são os pontos fortes que podem ser alcançados e capitalizados pela sua empresa.

E não se pode esquecer também dos pontos fracos, isto é, das limitações que devem ser superadas em qualquer ambiente, seja ele técnico, financeiro ou de recursos humanos, entre outros.

Já no meio externo, é preciso compreender como as oportunidades e ameaças podem impactar o andamento do seu negócio tanto no presente quanto como no futuro.

Aqui, é hora de levar em consideração aspectos políticos, sociais e econômicos durante a análise.

Para planejar é preciso compreender o contexto através da análise do ambiente interno e externo. Essa análise possibilita que a organização perceba sua situação em relação a concorrência ou aos objetivos, para então poder estabelecer estratégias de impacto e mudanças, para correção ou melhoria.

Nesta fase, é possível utilizar os dados coletados pelo Business Intelligence  para auxiliar gestores e executivos na elaboração de um planejamento estratégico embasado.

2 - Definição de objetivos

A segunda etapa do planejamento estratégico empresarial se resume em definir os objetivos da empresa. Ou seja, aonde sua empresa quer chegar.

Para tal, o ponto de partida deverá ser análise de dados históricos do negócio, referentes à rentabilidade, ao faturamento, a despesas e ao seu posicionamento.

Com base nessas informações, você consegue projetar metas para o futuro e trabalhar no longo prazo.

O ideal é que os objetivos sejam quantificáveis, ou ao menos constatáveis. Caso contrário, como você irá saber se está indo no caminho certo?

Sem medir, não há o que gerenciar, corrigir ou aperfeiçoar.

3 - Definição de estratégias

Essa é a etapa mais desafiadora e criativa do processo. Isso porque é chegado o momento de planejar como os objetivos definidos serão alcançados. Ou seja, como a sua empresa irá chegar aonde deseja chegar.

Lembrando que cada estratégia deve estar intimamente ligada a um ou mais desses objetivos previamente estabelecidos. Também não esqueça que ela pode ser alterada sempre que houver mudanças no cenário.

O planejamento é um guia, mas ele não é engessado. Se algo não sai como o desejado, precisa ser revisto.

4 - Elaboração de um programa de ações

A quarta etapa envolve a materialização das anteriores. Em linhas gerais, este é o momento de sentar com sua equipe, definir um programa de ações e criar um cronograma com uma previsão de quando elas serão implementadas.

Esse nível de organização é que vai permitir que as ações sejam executadas de maneira racional e ordenada, possibilitando eventuais ajustes no planejamento.

Como fazer um planejamento estratégico?

Pois bem, agora que você já conhece as etapas do planejamento estratégico, é hora de pôr a mão na massa. Veja na prática como fazer um planejamento estratégico.

O processo de elaboração do planejamento estratégico deve ser colaborativo, por isso certifique-se que os departamentos do seu negócio participem desse processo. Esse cuidado, além de estimular o engajamento dos colaboradores, garante o desenvolvimento de um objetivo comum e a gestão do planejamento estratégico realista.

1 - Determine a meta

Seja micro ou grande empresa, antes de tudo, é preciso que você saiba onde quer chegar com seu negócio:

- Quer ganhar reconhecimento de marca?

- Aumentar as vendas e se tornar líder de mercado?

Seja qual for a meta principal, ela deve refletir os resultados que precisa alcançar para que o sonho da empresa se torne real.

2 - Analise a organização

Para que o seu planejamento realmente ocupe uma posição estratégica, é importante que você faça um diagnóstico interno e externo do seu negócio.

A Análise SWOT é uma das metodologias mais utilizadas pelas empresas para avaliar ambientes e ter insights importantes sobre a empresa.

O termo vem do inglês e pode ser aplicado para identificar os pontos fortes (strengths) e as fraquezas (weakness) do seu negócio, compondo, assim, a análise do ambiente interno.

Para completar o diagnóstico, é possível identificar possíveis oportunidades (opportunities) e evitar ameaças (threats) que podem impactar o crescimento do seu negócio.

Ou seja, aqui a abordagem inclui também o ambiente externo.

Defina muito bem quais são essas características dentro da sua empresa e, a partir disso, dê continuidade no seu planejamento, pois quanto mais estruturada estiver a sua análise SWOT, mais ideias você terá para estruturar sua empresa dentro do plano de negócios.

3 - Determine a missão, visão e valores

É importante saber quais as diretrizes principais de uma empresa: missão, visão e valores.

Missão: define qual a responsabilidade da empresa com seus clientes. Aquilo que você deve entregar a eles;

Visão: definição do que a empresa pretende ser a longo prazo a partir do produto ou serviço que possui;

Valores: define os princípios nos quais a empresa se baseia, como credibilidade, eficiência, qualidade. Podem ser vistos como as regras básicas que orientam os colaboradores.

Os princípios servem como guias para a empresa e todos os funcionários. Caso já possua uma identidade na sua empresa, verifique se já não está na hora de repensar a estratégia, dependendo do tempo em que foi criada, e nisso o plano de negócios pode auxiliar muito.

4 - Identifique seu público-alvo (persona)

De nada adianta criar estratégias que não irão se relacionar e interagir com a audiência. Por isso, a criação das buyers personas do seu negócio é essencial para que a comunicação seja assertiva.

E quando falamos em personas, estamos nos referindo ao perfil de cliente ideal para a sua empresa.

Uma boa forma de identificar um ou mais perfis é realizar pesquisas com sua base de contatos e tentar conhecê-la melhor. Busque informações demográficas, seus hábitos de consumo, seus objetivos, desafios e necessidades.

Assim, você consegue alinhar a sua estratégia com a expectativa do seu público.

5 - Defina objetivos, estratégias e metas

Definição de objetivos e metas, ou seja, o que a empresa pretende alcançar. Onde e quando pretende chegar. É importante saber identificar o público-alvo de cada ação e cada objetivo.

Objetivos

Os objetivos de uma empresa são os resultados que a organização pretende atingir. Determinadas empresas utilizam os objetivos como base para fazer seu planejamento estratégico. Ao definir os objetivos, é importante que a empresa crie determinados critérios como qual mercado irá atingir, qual o faturamento desejável, número de clientes a serem atingidos.

Metas

As metas andam de mãos dadas com os objetivos, são tarefas a serem executadas em um prazo determinado, para que o objetivo seja alcançado. As metas devem ser mensuráveis além de realistas.

Formulação e implementação da estratégia, onde se escolhe o plano para alcançar as metas e objetivos definidos previamente. Na formulação das estratégias, é importante verificar os recursos disponíveis para a implementação da estratégia, e definir quais recursos se aplicam mais adequadamente à estratégia escolhida;

Obtenção do feedback e controle, onde os responsáveis verificam os resultados do planejamento estratégico.

6 - Planeje a ação

É hora de materializar seus objetivos e metas. Para garantir que eles sejam realizados, você precisa definir os caminhos que irá percorrer para chegar aonde deseja.

Ou seja, planejar a execução das estratégias, seu plano de jogo. Seja uma ou várias, o importante é que as ações desse plano influenciem positivamente o cumprimento das metas e que tenham bem definido qual a ação, como, quem e como irá ser realizada.

7 - Monitore e avalie os resultados

Com o plano montado e as estratégias em jogo, é preciso estar sempre monitorando e avaliando os resultados obtidos. Por isso é tão importante a meta ser facilmente mensurável.

Isso possibilita identificar o que está dando certo, da mesma forma que falhas na ação, permitindo o ajuste e otimizações para evitar prejuízos.

Você conseguiu compreender a importância do planejamento estratégico? Compreendeu que tentar gerenciar um negócio sem estratégia oferece um atalho para o fracasso?

A alta competitividade do mercado atual exige mais do gestor. Não dá para apagar incêndios inesperados, sendo que eles poderiam ser evitados. É preciso ter metas, foco e batalhar por resultados melhores.

Se você compreendeu, o planejamento estratégico tático e operacionalprecisa estar na ordem do dia.

O planejamento estratégico é um importante instrumento para garantir um crescimento saudável e sustentável para sua empresa!

E por falar em planejamento, veja esse vídeo:

Sobre o autor

Robson Camargo, PMP, MBA, GWCPM, ASF é professor nos cursos de MBA das Principais Escolas de Negócio do País: FGV, Fundação Dom Cabral e FIA/USP com Certificação PMP – Project Management Professional emitida pelo PMI, MBA em Administração de Projetos pela FEA/USP e Master Certificate pela George Washington. Robson Camargo é autor do livro PM VISUAL e criador do Método PM VISUAL. Sua equipe realiza treinamentos e consultorias em empresas do Brasil e exterior. Robson Camargo está à frente da RC Robson Camargo – Projetos e Negócios, há mais de 11 anos.

As marcas PMP, PMI, PMBOK e a logomarca “REP” RegisteredEducationProvaider são marcas registradas do Project Management Institute, Inc.

Deixe seu Comentário

Agenda

Confira nossa programação!

Sobre

É uma empresa de Educação Corporativa oficialmente homologada pelo PMI com o selo de R.E.P. (Registered Education Provider), alinhada com o Triângulo de Talentos do Gerente de Projetos

Você também pode se interessar

Newsletter

Fale com a gente!