Blog

Confira nossas novidades e assine nossa newsletter!

Assine nossa Newsletter

Veja outros Posts

RMP: por que você deve investir nessa certificação?

RMP: por que você deve investir nessa certificação?

RMP: por que você deve investir nessa certificação?

  • 07/01/2020
  • Robson Camargo

 

Quando um profissional já ocupa uma posição de liderança no gerenciamento de projetos, optar por uma certificação RMP pode ser uma tacada certeira para ganhar um up no currículo.

Isso porque a Certificação de Profissional em Gerenciamento de Riscos tem sido muito reconhecida e exigida mundialmente dentro da gestão de projetos.

O que é a certificação RMP?

RMP é uma certificação que possibilita que o profissional desenvolva a competência de identificar  e avaliar riscos, mitigar ameaças e reconhecer oportunidades em um projeto.

Para quem está interessado em assumir o título de especialista no tema,  além de aprimorar as habilidades do gerenciamento de projetos, a certificação PMI-RMP é um meio para atingir os objetivos de sucesso na carreira.

Entre as certificações do PMI (Project Management Institute), a RMP não é das mais fáceis para o candidato, mas vale muito a pena investir nela porque esses profissionais certificados são sempre importantes dentro das corporações. Com essa qualificação, as chances de serem bem-sucedidos aumenta muito, não só dentro das organizações em que trabalham, mas também se quiserem dar um passo a mais na carreira e buscar novos horizontes.

Ter um certificado demonstra que o profissional está apto para lidar com a complexidade e diversidade do mundo atual dos negócios, ou seja, o profissional de gerenciamento de projetos tem diversas razões para se certificar, entre elas:

Aumentar a visibilidade para o mercado

Quando uma pessoa desenvolve competências, ela atrai os radares das empresas para seu trabalho. Além de aumentar as oportunidades na carreira, um profissional certificado tem melhores remunerações.

Quem tem uma certificação PMI fica mais visível para uma comunidade global que adota as mesmas práticas e consegue identificar o seu nível de qualificação e experiência.

Estar atualizado na área

Quem investe em RMP vai estar em dia com o que há de mais atualizado na área, porque o PMI sempre está antenado com novidades do setor para credenciar um profissional, portanto, quem é certificado, já revela expertise.

Além disso, esse profissional também fica mais preparado para se adaptar às mudanças do mercado, que podem passar pelo surgimento de novas concorrências, tecnologias disruptivas e até condições de trabalho diferentes.

Quando o profissional é certificado, ele também participa de fóruns que  oportunidades na carreira, dão dicas com as experiências de outros profissionais.

Melhorar os índices de sucesso dos projetos

Com o conhecimento do que é risco, a capacidade de reconhecê-lo,  avaliá-lo e mitigá-lo, bem como aproveitar oportunidades que podem surgir, é certo que as taxas de sucesso de um projeto assinado por um gerente de riscos certificado irão melhorar.

Auxiliar as empresas no gerenciamento de riscos

Um profissional que sabe fazer um gerenciamento eficiente beneficia os diferentes níveis de uma organização porque sabe as melhores práticas e incorpora processos para melhorar os resultados.

Além disso, os profissionais certificados também podem promover mais alinhamento dos projetos às estratégias das empresas. Isso sem contar que essas certificações também agregam valor ao trabalho do profissional e à imagem da empresa que o contratou.

Aumentar a experiência e o conhecimento

Com as certificações, os profissionais  colocam em uso as melhores práticas porque conhecem mais técnicas e ferramentas para melhorar o próprio trabalho.

Esses profissionais conseguem evitar erros desnecessários e até mesmo evitar perdas financeiras, o que gera resultados que inspiram  mais confiança internamente e dos próprios clientes.

RMP: quem está apto para se certificar?

Para estar apto a se credenciar à certificação gestão de riscos, é preciso ter  um número de horas de experiência e um diploma de ensino superior.

  • Curso de bacharelado ou equivale, de 4 anos;

  • Cerca de 3.000 horas de experiência em gerenciamento de riscos de projetos;

  • 30 horas de educação no tema

Para quem não tem ensino superior também é possível se certificar, atendendo os seguintes requisitos:

  • Diploma de ensino médio ou equivalente;

  • Cerca de 4.500 horas de experiência em gerenciamento de riscos de projetos;

  • 40 horas de educação sobre o tema.

Para se preparar para o exame de certificação, também é indicado um curso PMI RMP. Na Robson Camargo Projetos e Negócios, o curso tem 32 horas de duração e é indicado para profissionais que estão em nível de gerência, supervisão ou coordenação.

O curso preparatório vai apresentar uma visão geral da PMI-RMP, além dos processos do PMBOK, como montar um plano de gerenciamento de riscos, avaliar performance e diversos simulados para a preparação do exame.

Sobre o autor

Robson Camargo, PMP, MBA, GWCPM, ASF é professor nos cursos de MBA das Principais Escolas de Negócio do País: FGV, Fundação Dom Cabral e FIA/USP com Certificação PMP – Project Management Professional emitida pelo PMI, MBA em Administração de Projetos pela FEA/USP e Master Certificate pela George Washington. Robson Camargo é autor do livro PM VISUAL e criador do Método PM VISUAL. Sua equipe realiza treinamentos e consultorias em empresas do Brasil e exterior. Robson Camargo está à frente da RC Robson Camargo – Projetos e Negócios, há mais de 11 anos.

As marcas PMP, PMI, PMBOK e a logomarca “REP” RegisteredEducationProvaider são marcas registradas do Project Management Institute, Inc.



Deixe seu Comentário

Agenda

Confira nossa programação!

Sobre

É uma empresa de Educação Corporativa oficialmente homologada pelo PMI com o selo de R.E.P. (Registered Education Provider), alinhada com o Triângulo de Talentos do Gerente de Projetos

Você também pode se interessar

Newsletter

Fale com a gente!