Blog

Confira nossas novidades e assine nossa newsletter!

Assine nossa Newsletter

Veja outros Posts

Saiba tudo sobre balanced scorecard

Saiba tudo sobre balanced scorecard

Saiba tudo sobre balanced scorecard

  • 22/11/2018
  • Robson Camargo

 

O Balanced Scorecard, também conhecido como BSC, é uma metodologia de medição e gestão de desempenho utilizada desde 1992. Seu conceito é amplamente utilizado até hoje por empresas e organizações que desejam aumentar seu desempenho de forma estratégica, estando presente em grandes empresas, dentro e fora do Brasil.

Este método foi desenvolvido por professores da Harvard Business School e atualmente é muito utilizado na gestão de empresas, principalmente como um complemento ao planejamento estratégico.

Como surgiu o Balanced Scorecard?

O Balanced Scorecard foi criado pelos professores Kaplan e Norton, da Harvard Business School. Seu início foi em 1992, quando eles lançaram o primeiro artigo sobre o conceito.

Este artigo tratava da ferramenta como uma forma de medição de resultados e definição de objetivos. Sua grande diferença, no entanto, se deu pela utilização de diversos tipos de indicadores.

Essa visão ampla e inovadora dos pesquisadores, que surgiu como resposta às limitações dos sistemas tradicionais de avaliação de desempenho, fez com que o método tivesse grande repercussão, tanto no meio acadêmico quanto no meio empresarial.

Com esse artigo, os autores começaram uma revolução inesperada. Eles tinham como objetivo mostrar as desvantagens do uso de apenas medidas financeiras para a avaliação. Dessa forma, eles mostraram como a satisfação dos clientes e a qualidade também são fatores essenciais para o sucesso.

Posteriormente ao primeiro artigo, foram publicados outros 5 livros sobre o assunto. Durante esses 26 anos, o conceito do BSC Balanced Scorecard foi adaptado para diferentes situações e organizações, sendo constantemente atualizado.

O último livro, Execution Premium (2008), se adapta aos desafios da era digital, a qual vivemos intensamente na última década.

O que é Balanced Scorecard?

A sigla BSC é traduzida como Indicadores Balanceados de Desempenho. O Balanced Scorecard BSC é um conjunto de objetivos que proporciona a todos os colaboradores uma visão rápida e abrangente da estratégia da empresa.

Para Kaplan e Norton, existem três passos essenciais para construir uma boa gestão, sendo eles: descrição, medição e gerenciamento.

O conceito de Balanced Scorecard parte do princípio de que uma empresa deve considerar outras perspectivas, tão importantes quanto as contábeis, para avaliar seu desempenho de forma eficaz.

Para entender melhor o que é Balanced Scorecard: BSC é um modelo de avaliação e de performance organizacional. É uma ferramenta facilitadora, como um painel de controle, que ajuda a equipe a se desenvolver para alcançar objetivos comuns.

E qual é o papel do BSC nas empresas? O Balanced Scorecard, indicadores específicos que permitem que o gestor consiga orientar seu negócio de forma segura e satisfatória. Dessa forma, a margem de erros diminui drasticamente.

O BSC não é um fim por si só, ele é uma ferramenta de gestão que pode ser utilizada não somente para medir o desempenho organizacional, mas também para estabelecer metas (individuais e em equipe), remuneração, alocação de recursos, planejamento, orçamento, feedback e aprendizagem estratégica.

O método consiste em determinar de modo balanceado as ligações de causa/efeito entre os quatro indicadores de avaliação das empresas, que são as perspectivas do BSC:

- Perspectiva Financeira

Criar novos indicadores de desempenho para que os acionistas possam ter melhor rentabilidade dos seus investimentos;

- Perspectiva do Mercado

Saber qual o grau de satisfação dos clientes com a empresa;

- Perspectiva de Processos Internos

A empresa deve identificar se há produtos com problemas, se foram entregues no tempo previsto e apostar na inovação dos seus produtos;

- Perspectiva de Aprendizado

Diz respeito à capacidade e motivação do pessoal, e a um melhor sistema de informação na empresa.

Para definir cada uma delas, devemos responder a uma pergunta específica em cada caso:

- Perspectiva Financeira

Para satisfazer nossos acionistas, quais objetivos financeiros devemos seguir?

- Perspectiva do Mercado

Para atingir nossos objetivos financeiros, que necessidades de nossos clientes devemos atender?

- Perspectiva de Processos Internos

Para satisfazer nossos clientes e acionistas, em quais processos internos devemos ser excelentes?

- Perspectiva de Aprendizado

Para atingir nossas metas, como nossa organização deve aprender e inovar?

Neste contexto, o conceito do Balanced Scorecard, quanto às perspectivas estratégicas, pode ser assim resumido:

Para tornar nossa empresa mais valiosa e lucrativa, precisamos satisfazer o mercado e nossos clientes. Para isso, é preciso melhorar nossos processos internos, o que só será possível se aprendermos com a experiência e praticarmos a inovação.

Depois de definir cada uma das perspectivas, ao responder essas perguntas, é preciso transformar a estratégia em ação.

Esse é o momento de implantar um modelo de plano de ação. Já que o plano de ação vai centrar forças na etapa de planejamento, mas também vai promover ações disciplinadas na fase de execução.

Dessa forma, 4 elementos importantes que fazem parte do conceito de Balanced Scorecard (BSC) deverão ser determinados para cada perspectiva individualmente.

Também não é novidade que um importante item no gerenciamento de projetos refere-se à avaliação de desempenho ou do andamento do projeto. Neste sentido, além de avaliar a situação atual do projeto é preciso também verificar se as tendências apontam para um bom resultado, e o BSC pode ser muito útil nisso.

O Balanced Scorecard, também conhecido como BSC, pode ser uma importante ferramenta de gerenciamento de risco para as empresas, já que possibilita ao gestor do projeto um adequado tratamento das ameaças alinhadas à estratégia do projeto, maximizando as chances de sucesso.

Quais os benefícios do Balanced Scorecard?

Agora que você já sabe de onde surgiu o Balanced Scorecard e o que a metodologia propõe, descubra seus benefícios:

- Permite uma melhor visualização do futuro;

- Permite a melhoria de resultados;

- Coloca em prática planos de ação;

- Melhoria contínua da qualidade e do desempenho;

- Monitoramento, medição e direcionamento de ações;

- Favorece a comunicação e o feedback entre a equipe;

- Promove ajustes e correções nos planos de ação;

- Alinhamento de indicadores-chave com os objetivos estratégicos da organização;

- Estimula uma cultura de aprendizado.

Como fazer o Balanced Scorecard

O BSC é dividido em algumas etapas, sendo elas:

1 – Estratégia e Resultados Projetados

Após ter em mente todos os objetivos (normalmente definidos no planejamento estratégico) e saber onde realmente se quer chegar em cada item, é o momento de enumerar os indicadores e fazer uma projeção através dos meses.

Esses indicadores ficarão divididos dentro das 4 perspectivas do Balanced Scorecard (Finanças, Clientes, Processos Internos e Aprendizado e Crescimento.

Como estamos falando de um planejamento de um ano, o mais correto é definir quais são os resultados planejados para cada um dos meses. A partir daí, você vai mês a mês fazendo o preenchimento dos dados e acompanhando se os resultados do BSC estão melhores ou piores do que se planejou.

2 – Resultados reais e Balanced Scorecard (BSC)

Mesmo que você faça boas previsões, a realidade de sua empresa tem uma grande chance de ser bem diferente do que se projetou. Por isso, depois de preencher quais os resultados reais de cada mês, se deve analisar o índice geral de sucesso da sua estratégia e como cada uma das perspectivas se encontra. Assim podemos definir qual a diferença entre a realidade e a previsão que será feita no BSC.

Aqui chega-se exatamente na etapa do Balanced Scorecard onde você poderá ver em sua planilha as perspectivas e todos os indicadores para ter uma ideia do que te espera pela frente.

3 – Mapa estratégico

Depois de preencher corretamente todas as primeiras etapas do Balanced Scorecard que estão mais voltadas para a mensuração, chega o momento de ver uma das partes mais visuais e interessantes do BSC, o mapa estratégico. Nesta etapa você consegue analisar um resumo das suas estratégias mais importantes e como elas estão se influenciando.

4 – Painel de Gráficos

Por fim, se você conseguiu delinear bem a estratégia de acordo com as 4 perspectivas do Balanced Scorecard, chegou o momento de analisar os resultados da maneira mais visual possível. Este painel de gráficos está interligado com os números anteriores e mostra a perspectiva entre o real e o projetado para que se possa visualizar melhor seus objetivos e traçar os melhores resultados para a gestão de sua empresa.

Viu como o Balanced Scorecard pode facilitar o desenvolvimento de sua empresa?

Se ainda tem dúvidas, fale com a gente! Teremos prazer em lhe ajudar!

 

Sobre o autor

Robson Camargo, PMP, MBA, GWCPM, ASF é professor nos cursos de MBA das Principais Escolas de Negócio do País: FGV, Fundação Dom Cabral e FIA/USP com Certificação PMP – Project Management Professional emitida pelo PMI, MBA em Administração de Projetos pela FEA/USP e Master Certificate pela George Washington. Robson Camargo é autor do livro PM VISUAL e criador do Método PM VISUAL. Sua equipe realiza treinamentos e consultorias em empresas do Brasil e exterior. Robson Camargo está à frente da RC Robson Camargo – Projetos e Negócios, há mais de 11 anos.

 

As marcas PMP, PMI, PMBOK e a logomarca “REP” RegisteredEducationProvaider são marcas registradas do Project Management Institute, Inc.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Agenda

Confira nossa programação!

Sobre

É uma empresa de Educação Corporativa oficialmente homologada pelo PMI com o selo de R.E.P. (Registered Education Provider), alinhada com o Triângulo de Talentos do Gerente de Projetos

Você também pode se interessar

Newsletter