Blog

Confira nossas novidades e assine nossa newsletter!

Assine nossa Newsletter

Veja outros Posts

Scrum: como aplicar no gerenciamento de projetos

Scrum: como aplicar no gerenciamento de projetos

Scrum: como aplicar no gerenciamento de projetos

  • 20/06/2018
  • Robson Camargo

 

 

Scrum é um framework para gerenciamento ágil de projetos de software. No entanto, essa metodologia não se aplica somente a software e pode ser utilizada em variados tipos de projetos.

Quer saber mais sobre Scrum, a principal metodologia ágil utilizada no mercado? E quer compreender como ele se aplica à gestão de projetos? Então continue a leitura deste post!

O que é Scrum?

O Scrum é um conjunto de melhores práticas para gestão de projetos de alta performance — no qual são adotadas equipes reduzidas e multifuncionais, e cada membro assume uma função dentro de cada jogada (sprint) para atingir o objetivo final do projeto.

O Scrum é uma Metodologia Agileque permite manter o foco na entrega de valor para o negócio no menor tempo possível. Seu conceito principal é decompor um projeto em pequenas tarefas mais simples, chamadas de Sprints.

Uma Sprint pode ser semanal ou mensal, tendo datas de início e fim bem definidas, possuindo as atividades que devem ser cumpridas dentro deste prazo.

Quem são os personagens do Scrum?

A metodologia SCRUM conta com papéis e responsabilidades bem definidos. Cada membro da equipe conhece sua função o que facilita o andamento dos projetos. Desta forma, a equipe naturalmente se gerencia, sem necessidade de muitas cobranças externas

Dentro de uma equipe de projeto, os principais papéis são:

Product Owner ou dono do produto — representa os stakeholders e o negócio. É função dele comunicar a todos quais objetivos quer atingir. Para isso, ele precisa colaborar ativamente com o Scrum Master e toda a equipe de desenvolvimento, como por exemplo, participar das reuniões e responder rapidamente às questões realizadas pelo time. Ele é responsável por aceitar ou rejeitar o resultado dos trabalhos;

Devteam ou equipe de desenvolvimento — são os membros da equipe, que devem ter características multidisciplinares. O time de desenvolvimento deve ser constituído por poucas pessoas, é recomendado no máximo 10;

Scrum master — é o gerente de projeto, responsável por dirigir a equipe para que os objetivos e metas sejam atingidos. O Scrum master garante que todo o processo seja seguido. Ele também ajuda a desenvolver sua própria abordagem do Scrum, porém sempre respeitando as particularidades de cada organização. Participa das reuniões diárias, daily meeting, da revisão de Sprint e do planejamento.

Como funciona o Scrum?

Tudo começa com o Product Backlog, que é a lista de funcionalidades a serem desenvolvidas ao longo do projeto. Essas funcionalidades são classificadas por ordem de prioridade pelo Product Owner (ou dono do produto). O objetivo é entregar primeiro as funcionalidades que geram maior valor de negócio para o cliente.

Depois de definido o Product Backlog, a Sprint deve começar com uma “Daily Scrum Meeting”, na qual é priorizada as funcionalidades contidas no Product Backlog, selecionando as atividades que cada um da equipe irá realizar na Sprint que será iniciada, priorizando as atividades mais importantes primeiro, porém devem ser tarefas que possam ser completadas durante a Sprint.

É importante ressaltar que não pode ter mudanças nas tarefas durante a realização da Sprint

Cada membro do time escolhe uma tarefa do Product Backlog e deve atualizar o status dessa tarefa a cada dia.

Devemos ressaltar também que a comunicação é essencial no Scrum. Por isso mesmo existe o Daily Scrum, que é um encontro diário rápido, normalmente de 15 minutos e geralmente realizado logo no início do dia.

Nesse encontro, basicamente, todos do time respondem às seguintes perguntas:

  • O que você fez ontem?
  • O que vai fazer hoje?
  • Quais foram os problemas encontrados?

É a partir da reunião que o Scrum Master pode medir os avanços e, caso tenha algum problema, resolvê-lo de forma imediata.

Ao final de cada Sprint, é marcada uma nova reunião, a Sprint Review, para destacar os ajustes necessários ao produto, bem como fazer um outro debate, chamado de Sprint Retrospective, que tem como objetivo aprimorar o processo de trabalho, constatando oportunidades de melhoria.

Apesar de todas as vantagens que os Métodos Ágeis nos oferecem, somos cientes que sua aplicação é um pouco complexa, principalmente porque estamos lidando com pessoas.

No entanto, se a metodologia for aplicada corretamente e houver comunicação e planejamento entre todos os membros da equipe há grandes chances de sucesso e do produto final sair conforme o planejado e dentro do prazo estipulado.

O que acho do Scrum? Já participou de um projeto onde o Scrum foi utilizado? Conta pra gente como foi!

Sobre o autor

Robson Camargo, PMP, MBA, GWCPM, ASF é professor nos cursos de MBA das Principais Escolas de Negócio do País: FGV, Fundação Dom Cabral e FIA/USP com Certificação PMP – Project Management Professional emitida pelo PMI, MBA em Administração de Projetos pela FEA/USP e Master Certificate pela George Washington. Robson Camargo é autor do livro PM VISUAL e criador do Método PM VISUAL. Sua equipe realiza treinamentos e consultorias em empresas do Brasil e exterior. Robson Camargo está à frente da RC Robson Camargo – Projetos e Negócios, há mais de 11 anos.

As marcas PMP, PMI, PMBOK e a logomarca “REP” RegisteredEducationProvaider são marcas registradas do Project Management Institute, Inc.

Deixe seu Comentário

Agenda

Confira nossa programação!

Sobre

É uma empresa de Educação Corporativa oficialmente homologada pelo PMI com o selo de R.E.P. (Registered Education Provider), alinhada com o Triângulo de Talentos do Gerente de Projetos

Você também pode se interessar

Newsletter

Fale com a gente!