Blog

Confira nossas novidades e assine nossa newsletter!

Assine nossa Newsletter

Veja outros Posts

Restrições do projeto: entenda de vez o que é esse conceito

Restrições do projeto: entenda de vez o que é esse conceito

Restrições do projeto: entenda de vez o que é esse conceito

  • 13/02/2020
  • Robson Camargo

 

Em todo e qualquer trabalho de gerenciamento de projetos, o gestor não pode negligenciar as restrições do projeto.

Dentro do setor, existe o clássico triângulo de restrições do projeto, porém, há outros fatores limitantes que poderão comprometer o sucesso de um trabalho.

O que é restrição do projeto?

As restrições do projeto podem ser definidas como limitações que comprometem a execução de um trabalho. São situações impostas por alguém ou por um contexto que podem afetar o desempenho e até o resultado de um projeto.

Normalmente, as principais restrições de um projeto são o prazo,  escopo e custos. Quando um projeto é entregue dentro do prazo, com os recursos planejados e escopo atendido, esse é um projeto bem-sucedido. 

As boas práticas do gerenciamento de projetos vão exigir que ocorram intervalos para essas restrições, que representam as incertezas de estimativa associadas às circunstâncias específicas de cada projeto.

Mas essas limitações também poderão influenciar a forma como o projeto será gerenciado.

Conheça as três principais restrições:

Prazo

As restrições ligadas a prazos são referentes ao cronograma de entrega do projeto, ou seja, quanto tempo vai levar para que o projeto seja entregue, os prazos de cada fase e entrega final. Também pode ser definido como uma data limitante para que o projeto seja pronto. Por exemplo, se o projeto é realizado para uma data específico, por exemplo, para o Natal. Por isso, o agendamento adequado da execução é essencial.

Para tanto, gerentes de projeto devem controlar uma possível restrição de um projeto ligada à prazo com o devido planejamento, monitoramento das atividades realizadas em cada etapa.

Escopo

O escopo é o conjunto garantido de objetivos, entregas e tarefas bem específicas, 

ou seja, tudo que está aprovado e listado para ser entregue ao final de um projeto.

Na definição do escopo, caso haja restrições podem ser abordadas quais entregas serão omitidas ou suspensas, caso o prazo seja estourado ou estiver consumindo recursos excessivos.

Custos

O valor de um projeto é uma parte altamente interessante a todos os envolvidos, por isso, os orçamentos são tão importantes.

Portanto, estimar custos de fornecedores, contratações,  aquisição de softwares e equipamentos devem ser minuciosamente definidos antes da aprovação e execução do projeto.

Porém, o valor financeiro disponibilizado para o projeto também pode comprometer uso e aquisição de recursos. 

Por isso, é importante lembrar que custo não é apenas dinheiro, mas também recursos humanos, que podem envolver controle de qualidade e outros fatores.

Lidar com essa restrição de custos é uma atividade constante para o gerente de projetos.

Restrição tripla 

Como foi descrito, as triplas restrições do gerenciamento de projetos estão intimamente ligadas entre si e ao alterar uma delas, o resultado de um trabalho poderá ser afetado. Por exemplo, quando o cliente resolve aumentar o escopo do projeto é possível que os recursos disponíveis e prazos iniciais fiquem comprometidos.

# Restrições de projeto: exemplo

O projeto tem um custo  total de R$ 100 mil, mas o gerente de projetos percebe que com esse aporte financeiro só poderá contratar 1 pessoas das 2 necessárias ou ainda não usar um laboratório de testes como um dos recursos previstos inicialmente.

Por outro lado, se pensar em acelerar a entrega do projeto, pode ser que o escopo não seja cumprido em sua totalidade, além de que os custos também podem ser afetados.

As suposições do que pode ocorrer no trabalho ou o que está sendo assumido para efeito de planejamento, ou seja, as premissão de um projeto também precisarão entrar na pauta. Portanto, premissas e restrições do projeto devem estar na mira de um gerente de projetos para que tudo caminhe sempre nos trilhos.

Abordagem estendida do triângulo de restrições

Além de restrições de escopo, prazos e custos, um projeto também poderá sofrer restrições adicionais que podem comprometer o cumprimento dos objetivos do projeto.

Vamos conhecer algumas:

Qualidade

A qualidade pode entrar como a principal restrição depois do triângulo de restrições do projeto, porque pode ser afetada por qualquer alteração desses três pilares, enquanto as mudanças na qualidade da entrega do projeto também possam afetar escopo, prazo e custo.

Por exemplo, se não for possível atender o aumento repentino dos custos, o escopo poderá diminuir, assim como a qualidade.

E assim sucessivamente, se o prazo for acelerado, a qualidade da entrega pode cair, assim como se o escopo for alterado.

Riscos

Em gerenciamento de projetos restrições são riscos que também podem ocorrer com o andamento do trabalho. Podem ser riscos conhecidos ou desconhecidos.

Porém, um risco sempre precisa ser identificado e gerenciado, mas isso não significa que sejam só ameaças, ou o que pode dar errado; os riscos podem ser também oportunidades que deverão ser aproveitadas dentro do projeto. 

Para lidar com essa restrição, é preciso que o gerente de projetos crie cenários hipotéticos, caso uma ameaça ou oportunidade surja no meio do caminho.

Por exemplo, podem ser restrições de um projeto de software, quando se resolve pular uma etapa de revisão porque o prazo foi acelerado.  Neste caso, é preciso avaliar o que pode dar errado.

Mas os riscos também podem ser falta de entrega do fornecedor, uma equipe reduzida por problemas de doença ou até um novo produto semelhante ao seu lançado pelo concorrente.

Para não ser pego desprevenido, é importante usar ferramentas que vão ajudar a mitigar esses riscos.

Benefícios

O valor de um projeto deve ser calculado nos estágios iniciais do planejamento. Assim, a determinação dos benefícios deverá ocorrer em um período bem definido após a conclusão do projeto, para que o impacto possa ser medido.

No entanto, se esses benefícios não forem atingidos ou ficarem abaixo do esperado, o trabalho poderá ser suspenso para uma avaliação detalhada.

Conclusão

Para minimizar os efeitos de uma restrição do projeto, uma maneira de lidar com uma limitação é confirmá-la em diferentes fontes, para obter mais precisão e resolver opiniões conflitantes com mais dados.

Veja esse vídeo sobre "Premissas e Restrições" para entender melhor:

 

 

Sobre o autor

Robson Camargo, PMP, MBA, GWCPM, ASF é professor nos cursos de MBA das Principais Escolas de Negócio do País: FGV, Fundação Dom Cabral e FIA/USP com Certificação PMP – Project Management Professional emitida pelo PMI, MBA em Administração de Projetos pela FEA/USP e Master Certificate pela George Washington. Robson Camargo é autor do livro PM VISUAL e criador do Método PM VISUAL. Sua equipe realiza treinamentos e consultorias em empresas do Brasil e exterior. Robson Camargo está à frente da RC Robson Camargo – Projetos e Negócios, há mais de 11 anos.

As marcas PMP, PMI, PMBOK e a logomarca “REP” RegisteredEducationProvaider são marcas registradas do Project Management Institute, Inc.

 

 

Deixe seu Comentário

Agenda

Confira nossa programação!

Sobre

É uma empresa de Educação Corporativa oficialmente homologada pelo PMI com o selo de R.E.P. (Registered Education Provider), alinhada com o Triângulo de Talentos do Gerente de Projetos

Você também pode se interessar

Newsletter

Fale com a gente!