Blog

Confira nossas novidades e assine nossa newsletter!

Assine nossa Newsletter

Veja outros Posts

WBS e PBS: entenda a diferença

WBS e PBS: entenda a diferença

WBS e PBS: entenda a diferença

  • 12/12/2018
  • Robson Camargo

 

Para entender a diferença entre WBS e PBS, vamos começar explicando o que significa cada uma dessas siglas. WBS (Work breakdown structure), em gerência de projetos significa  Estrutura Analítica de Projetos (EAP).

Enquanto que PBS (Product Breakdown Structure), significa Estrutura de Divisão de Produto. Mas para que servem e qual a diferença entre essas duas estruturas? Este é o assunto de nosso post.

O que é WBS?

WBS é uma são ferramenta complementar que ajuda a execução de um projeto de forma eficaz e organizada.

A WBS/EAP é uma ferramenta visual que permite a estruturação de um projeto de forma simples, visual e contém todo o trabalho necessário para conclusão do projeto. Ela se parece com um “organograma empresarial”, mas seu objetivo é identificar que partes compõem um projeto.

A WBS deve ser completa, organizada e pequena o suficiente para tornar possível a medição do progresso, mas não detalhada o suficiente para se tornar, ela mesma, um obstáculo à realização do projeto.

A EAP normalmente é concebida após o Termo de Abertura do projeto , no Planejamento, uma das fases de um projeto. Pode ser incluída na Declaração de Escopo.

As principais utilidades da WBS são:

- Delimitar e elicitar o escopo do projeto;

- Facilitar a identificação das fases do projeto;

- Facilitar a identificação dos responsáveis;

- Orientar a identificação e descrição detalhada das entregas do projeto;

- Identificar as atividades do projeto;

- Facilitar a estimativa de esforço, duração e custo;

- Facilitar a identificação de riscos.

Como montar uma WBS?

A WBS pode ser construída de diversas formas conforme o propósito e tipo de projeto. As formas mais comuns de montagem da WBS são: por fases, por entregas e por equipes.

A EAP pode seguir uma numeração identada (Figura 1). Serve para facilitar a organização dos pacotes de trabalho, que serão descritos na fase seguinte (antes do cronograma) e facilita a “rastreabilidade” de um pacote de trabalho no cronograma.

 

Figura 1 – Numeração identada

Agora que você já viu o que é EAP ou WBS, vamos ver o que é PBS.

O que é PBS?

Pois bem, PBS (Product Breakdown Structure), em Gerenciamento de Projetos, significa uma Estrutura de Divisão de Produto.

PBS é uma árvore hierárquica de todos os componentes que constituem o produto objeto do projeto, ou um entregável do projeto através de uma relação parte-todo.

WBS e PBS são ferramentas conhecidas, presentes respectivamente no PMBOK Guide® (que possui um processo específico para a criação da WBS) e PRINCE2 (como parte do “Planejamento baseado em produtos”).

Quando se trata de métodos de planejamento de projetos, muitos gerentes de projeto se referem ao Prince2 (PRojects IN Controlled Environments). Este método de gerenciamento de projetos amplamente utilizado, fornece todos os elementos essenciais para gerenciar um projeto bem-sucedido.

A estrutura de analítica do produto (PBS) garante que todos os produtos necessários para um produto planejado sejam considerados durante o processo de planejamento. Além disso, a estrutura de analítica do produto deve ser revisada várias vezes para garantir que nenhum componente seja esquecido.

Conforme imagem acima, o PBS vem na forma de uma hierarquia. A hierarquia é composta pelos produtos, subprodutos e produtos finais.

Ao adotar a estrutura analítica do produto (PBS), podem-se projetar com precisão os requisitos de um produto, projeto ou sistema. O PBS também permite que seus usuários vejam os resultados de um produto e, por sua vez, proporcionem uma maior compreensão do objetivo em questão.

Qual a diferença entre PBS e WBS ?

A saída do gerenciamento do escopo é uma especificação que pode ser apresentada como uma estrutura hierárquica (Estrutura analítica de produtos – PBS) mostrando os entregáveis e uma estrutura analítica do projeto (WBS) mostrando o trabalho necessário para produzi-los.

O processo de planejamento adicionará atividades de gerenciamento à WBS para mostrar o trabalho envolvido no gerenciamento de aspectos como risco e comunicações.

Uma vez que uma solução foi identificada que atende aos requisitos das partes interessadas, o escopo do trabalho pode ser ilustrado usando uma PBS ou WBS.

O PBS é uma estrutura hierárquica onde a saída principal do projeto é colocada no nível superior. O próximo nível abaixo mostra os componentes que compõem o nível mais alto. Este processo continua ao nível de produtos individuais. Cada produto terá critérios de aceitação definidos e métodos de controle de qualidade.

Uma WBS assume uma abordagem semelhante, mas mostra o trabalho necessário para criar os produtos. O nível mais baixo de um WBS mostra as atividades que seriam usadas para criar um diagrama de rede para agendamento de horário.

Agora que você já viu o que significa e como usar o PBS e o WBS, vamos resumir alguns pontos:

- Apesar de muita gente falar do WBS (como?), quase ninguém utiliza ou usa muito pouco. Isso ocorre porque muitos preferem aplicar o PBS (o quê?)

- Portanto, depois de fazer o PBS, tudo pode ser detalhado em word e daí sim pensar no “como?”. Neste momento você poderá decidir se vai fazer o WBS ou se vai direto para o cronograma.

Concluindo, procure usar aquilo que te ajuda!

Conseguimos te ajudar a entender as diferenças entre WBS e PBS? Se ainda ficou com alguma dúvida, veja um vídeo sobre o assunto.  Fale com a gente sobre o que  achou!

 

 

Sobre o autor:

Robson Camargo, PMP, MBA, GWCPM, ASF é professor nos cursos de MBA das Principais Escolas de Negócio do País: FGV, Fundação Dom Cabral e FIA/USP com Certificação PMP – Project Management Professional emitida pelo PMI, MBA em Administração de Projetos pela FEA/USP e Master Certificate pela George Washington. Robson Camargo é autor do livro PM VISUAL e criador do Método PM VISUAL. Sua equipe realiza treinamentos e consultorias em empresas do Brasil e exterior. Robson Camargo está à frente da RC Robson Camargo – Projetos e Negócios, há mais de 12 anos.

 As marcas PMP, PMI, PMBOK e a logomarca “REP” RegisteredEducationProvaider são marcas registradas do Project Management Institute, Inc.

 

 

Deixe seu Comentário

Agenda

Confira nossa programação!

Sobre

É uma empresa de Educação Corporativa oficialmente homologada pelo PMI com o selo de R.E.P. (Registered Education Provider), alinhada com o Triângulo de Talentos do Gerente de Projetos

Você também pode se interessar

Newsletter

Fale com a gente!