Blog

Confira nossas novidades e assine nossa newsletter!

Assine nossa Newsletter

Veja outros Posts

Certificação PMP 2018: um guia completo para você obter a sua

Certificação PMP 2018: um guia completo para você obter a sua

Certificação PMP 2018: um guia completo para você obter a sua

  • 14/8/2018
  • Robson Camargo

 

Quem é da área de gerenciamento de projetos sabe que os horizontes se ampliam a partir da certificação PMP® 2018. Essa certificação tem sido condição exigida pelas empresas para candidatar-se a vagas de emprego na área, e é certamente um diferencial de mercado.

É claro que o conhecimento prático é importante, mas a certificação PMP® 2018 é uma garantia para as empresas que o profissional tem não só as competências técnicas, mas também conhece o passo a passo do Guia PMBOK®, matéria-prima para os gerentes de projeto, onde estão reunidas as informações mais relevantes e atualizadas do setor.

A partir da obtenção da certificação PMP® 2018o gerente certificado terá aberto um leque de opções profissionais, além de trabalhar em alguma organização dos mais diversos setores, pode dar aulas, palestras e até participar de congressos.

O que é certificação?

Certificação é uma declaração formal de comprovação, emitida por alguma instituição de credibilidade em determinado setor. É um documento obtido, normalmente, por meio da realização da aprovação em um exame, que vai comprovar uma capacidade ou conhecimento a respeito de um determinado tema.

No caso de um gerente de projeto, as certificações têm sido cada vez mais solicitadas no mercado de trabalho, alçando o profissional a novos patamares dentro da organização em que atua ou mesmo fora dela.

Ao ser certificado, os profissionais ganham novo status, possibilidades reais de aumento de renda e valorização do seu “passe”.

Para a área de gerenciamento de projetos, ou Project Management Office, abreviado como PMO, que significa Escritório de Projetos, o certificado PMP (Project Management Professional), emitido pelo PMI® (Project Management Institute), sediado nos Estados Unidos, é o mais reconhecido e que tem o maior peso no mundo inteiro.

O PMI®, que fica na Pensilvânia, detém o conhecimento das melhores práticas do gerenciamento de projetos, obtidos através de consultorias a milhares dos mais gabaritados gerentes de projetos do mundo nas mais diversas áreas: financeira, aeroespacial, farmacêutica, engenharia, administração, tecnologia da informação, automobilística, telecomunicações e outras.

O que é certificação PMP®?

A certificação PMP® tem mais peso que um MBA de Gerenciamento de Projetos, realizado em qualquer uma das melhores escolas de negócios do mundo. É uma das certificações mais reconhecidas do mundo, com validade em 150 países.

Por isso, fica fácil entender porque atualmente há uma verdadeira corrida em busca de curso certificação PMP® 2018. O curso para certificação PMP® ainda é a melhor forma do profissional se preparar para o exame.   

Um profissional sabe que após ser certificado PMP® vai adquirir muito mais competências para ter sucesso em todo o ciclo de vida de um projeto, desde a sua iniciação, passando por planejamento, execução, monitoramento e encerramento, além de ter pleno conhecimento de todas as áreas envolvidas.

Outros fatores que estimulam os profissionais a procurarem um curso preparatório para certificação PMP® 2018:

- Ampliação da empregabilidade

- Reconhecimento e aceleração do crescimento profissional dentro da empresa

- Incremento de valor no mercado de trabalho ao ter uma qualificação reconhecida internacionalmente.

Como obter a certificação PMP® 2018?

Quando os gerentes de projetos tomam conhecimento dos grandes benefícios da certificação PMP, como tirar passa ser a primeira questão a ser resolvida. Para obter a certificação PMP,requisitos passam por capacidades técnicas e educacionais, que devem ser comprovadas. Veja quais:

Categoria II

Para quem tem ensino universitário, os requisitos são:

- Formação de Bacharel ou equivalente, com duração mínima de 4 anos

 - Mínimo de três anos na área de gerenciamento de projetos

- Mínimo de 4.500 horas de liderança e direção de projetos

- 35 horas de formação em gerenciamento de projetos

Categoria I

Mas quem tem diploma de ensino médio também pode obter a certificação. Veja como:

- Comprovada experiência de 5 anos na área de gerenciamento de projetos

- 7.500 horas de liderança e direção de projetos

- 35 horas de formação em gerenciamento de projetos

Para obter a Certificação PMP® 2018, é preciso preencher o formulário de inscrição com seus dados pessoais, formação educacional (acadêmica e em gerência de projetos) e experiência profissional na área.

Além disso, o candidato deve também se comprometer a seguir um Código de Conduta Ética baseada em quatro pilares: Responsabilidade, Respeito, Justiça e Honestidade.

 

Certificação PMP 2018

É necessário ser filiado ao PMI® para fazer o exame?

Não é necessário, mas quem for filiado vai obter um desconto para fazer o exame. Para os candidatos que quiserem aproveitar esse benefício, basta preencher a ficha de filiação no site do PMI®, antes de preencher o formulário para o exame de PMP Certificação.

O custo de adesão ao PMI® é de US$ 129 e uma taxa de mais US$ 10. Esse valor acaba sendo diluído porque os filiados têm acesso a recursos e materiais a um preço mais baixo, e, em algumas vezes, gratuitamente. Além disso, esse valor é descontado do valor da prova para o exame PMP.

Quem optar pela filiação ao PMI® também tem outras vantagens como criação de networking, participação de grupos de interesses comuns, descontos em seminários, eventos, feiras específicas e aquisição de livros, além de troca de muitos conhecimentos e experiências com outros filiados.

Depois que você comprovou ter as aptidões técnicas, leu o manual do candidato e realizou a sua inscrição no site do PMI®, preencheu o formulário de inscrição para o exame do PMI®, você vai precisar começar a estudar o Guia PMBOK®.

Os filiados recebem uma cópia gratuita em PDF do Guia PMBOK®.

Os candidatos poderão fazer a prova em sua língua natal, mas um bom conhecimento do inglês é importante também, porque em caso de dúvida, prevalece o enunciado em inglês.

O exame é composto por: 

- 200 questões de múltipla escolha com 4 opções de respostas.

- As 200 questões são divididas em 175 questões válidas para o exame e mais 25 de validação.

- O candidato tem 4 horas para finalizar o exame.

- O candidato deverá acertar 106 das 175 questões.

Quanto custa a certificação PMP® 2018?

Quem pesquisa Certificação PMP® preço vai saber que para os associados do PMI® o custo é de US$ 405,enquanto para os não associados vai custar US$ 555.

Mas o que é PMBOK®?

Todas as informações sobre as melhores práticas do gerenciamento de projetos são reunidas no Guia PMBOK® (Project Management Body of Knowledge), também publicado pelo PMI®.

 O Guia PMBOK® é único entre os padrões globais do PMI® porque contém um guia e um padrão. O padrão (ligado à ISO 21500) apresenta conceitos-chave, enquanto o guia revela a fundação com diversas informações adicionais sobre como usar as melhores práticas da área.

Como boa parte dos gerentes de projetos já sabe, esses conceitos são renovados a cada período de aproximadamente 4 anos. Em setembro do ano passado, o guia lançou a sua 6ª edição em inglês e mais 11 línguas. A versão pdf em português chegou em 15 de outubro.

O Guia PMBOK® 6ª edição passou por uma série de atualizações e os candidatos já farão o exame para a certificação PMP® 2018 com esse novo conteúdo.

Para os afiliados do PMI, a nova edição do guia PMBOK pdf pode ser baixada no site do PMI® (https://www.pmi.org/pmbok-guide-standards/foundational/pmbok/sixth-edition).

Quais foram as modificações da 6ª edição do PMBOK®?

Inicialmente, a estrutura continua a mesma em relação à quinta edição, com três capítulos introdutórios e 10 sobre as áreas de conhecimento. A nova edição também passa a ter 49 processos, antes eram 47.

Mas todos os capítulos foram reescritos e evidenciam o valor da profissão de gerente de projetos, reforçando a maturidade do Guia PMBOK® ao longo dos anos.

No Capítulo 1, por exemplo, é abordada a questão da evolução da profissão de gerente de projetos como motor de mudança organizacional e meio de favorecer negócios. Já no Capítulo 2, que trata sobre Fatores Ambientais e Ativos, explica-se a influência dos meios em que os profissionais de gerenciamento trabalham.

E o terceiro capítulo é inteiramente dedicado ao papel e às competências do gerente de projetos. Esses dados, antes, estavam no Capítulo 1 de forma mais resumida.

Mas foram mantidos os cinco Grupos de Processos (Iniciação, Planejamento, Execução, Monitoramento, Controle e Encerramento).

Entre as principais modificações do Guia PMBOK®, estão novas seções e padrão único para as 10 áreas de conhecimento. Não foi incluída nenhuma nova área de conhecimento, apenas mudança no nome e de abrangência de duas áreas. O que saiu da área de Cronograma foi para a área de Recursos Humanos.

Áreas de conhecimento

- Gerenciamento de Integração

- Gerenciamento de Escopo

- Gerenciamento de Cronograma (antes era Gerenciamento de Tempo do Projeto)

- Gerenciamento de Custos

- Gerenciamento de Qualidade

- Gerenciamento de Recursos (antes era Gerenciamento de Recursos Humanos)

- Gerenciamento de Comunicação

- Gerenciamento de Riscos

- Gerenciamento de Aquisições

- Gerenciamento de Parte Interessadas

Para cada área de conhecimento, foi incluída uma seção denominada conceitos-chave, que explica seus fundamentos.

O terceiro capítulo passa a abordar também o papel e as competências do gerente de projetos, incluindo o Triângulo de Talentos (habilidades: Técnicas, Estratégicas e de Negócios, Liderança). Veja vídeo abaixo com uma explicação mais aprofundada sobre do que se trata.

 

Mais modificações da 6ª edição

Entre as mudanças também há a inclusão de uma abordagem para as metodologias ágeis e outras práticas iterativas, devido ao crescimento do uso do Agile no mundo inteiro pelos gerentes de projeto.

Guia PMBOK® em sua 6ª edição traz também uma abordagem para documentos relacionados ao negócio do projeto:

- Business Case

- Business Plan

- Plano de gerenciamento de benefícios

Essa inclusão dá grande ênfase aos aspectos de negócio em documentos como o Termo de Abertura de Projeto e Plano de Gerenciamento de Projeto.

Como estudar para a certificação PMP®  2018?

Os candidatos à certificação PMP® 2018 que forem muito organizados e disciplinados podem estudar de forma autodidata e fazer um curso preparatório PMP online e até estudar com grupos de estudo, onde serão realizadas discussões, e podem obter simulado certificação PMP® para treinar para o exame. Mas é difícil.

O interessante mesmo é ingressar em um curso preparatório PMP® porque o profissional vai ter muito mais base, treinamento e discussão em torno do conteúdo do Guia PMBOK®.

Onde cursar o PMP® ?

RC Robson Camargo – Projetos e Negócios tem um curso preparatório para a certificação PMP® 2018 com 48 horas-aula presenciais, mais uma carga de 100 a 120 horas de estudos, além de mais de 1.000 perguntas para simulados extra-sala, que já garantem um know how que pode ser utilizado no seu dia a dia como gerente de projetos, até um grau de sucesso no exame do PMI de mais de 90%.

O curso preparatório para PMP® da RC Robson Camargo – Projetos e Negócios é o mais reconhecido do mercado e um dos que mais preparou profissionais no Brasil inteiro, dentre os cerca de 18 mil profissionais atualmente certificados, o que faz com que seja o melhor curso preparatório PMP®. Lembramos também que possuímos selo Registered Education Provider – R.E.P. Ou seja, temos rigorosos padrões de qualidade auditado pelo PMI®/EUA.

Os profissionais que ministram o curso preparatório para certificação PMP® utilizam um método desenvolvido por mim, totalmente baseado nos conhecimentos da Universidade de Princeton (EUA). Com essa metodologia, cerca de 4.000 profissionais já foram treinados, sendo que a grande maioria de forma muito bem-sucedida, não só pelo resultado, mas também pelo aprendizado e aplicação no dia a dia dos seus projetos.

Durante o curso dePMP®, os candidatos vão receber orientações gerais para inscrição na prova, serão orientados também para a melhor forma de estudos fora da sala de aula, vão conhecer todos os capítulos do Guia PMBOK® com profundidade, poderão esclarecer suas dúvidas imediatamente e farão diversas revisões dos capítulos, além de estudar em grupos que são formados na primeira aula do melhor cursoPMP®.

Além disso, é importante lembrar também que como profissional certificado PMP®, para manter a certificacion PMP® posteriormente é preciso obter 60 PDUs (Unidades de Desenvolvimento Profissional) a cada três anos. Cada PDU equivale a 1 hora de aprendizado ou atuação profissional de Gerenciamento de Projetos. Ou seja, é preciso estudar sempre, o que é muito bom, porque isso só garante mais qualificação à sua carreira.

E então, quer saber mais sobre a certificação PMP® 2018 e sobre o curso certificação PMP®? Entre em contato no LinkedIn ou no site: robsoncamargo.com.br

Grande abraço!

Sobre o autor

Robson Camargo, PMP, MBA, GWCPM, ASF é professor nos cursos de MBA das Principais Escolas de Negócio do País: FGV, Fundação Dom Cabral e FIA/USP com Certificação PMP – Project Management Professional emitida pelo PMI, MBA em Administração de Projetos pela FEA/USP e Master Certificate pela George Washington. Robson Camargo é autor do livro PM VISUAL e criador do Método PM VISUAL. Sua equipe realiza treinamentos e consultorias em empresas do Brasil e exterior. Robson Camargo está à frente da RC Robson Camargo – Projetos e Negócios, há mais de 11 anos.

As marcas PMP, PMI, PMBOK e a logomarca “REP” RegisteredEducationProvaider são marcas registradas do Project Management Institute, Inc.

 

 

Deixe seu Comentário

Agenda

Confira nossa programação!

Sobre

É uma empresa de Educação Corporativa oficialmente homologada pelo PMI com o selo de R.E.P. (Registered Education Provider), alinhada com o Triângulo de Talentos do Gerente de Projetos

Você também pode se interessar

Newsletter